Buscar
Setembro - Mês de São Cosme e Damiao

A gira de criança ou ere como pode ser chamada envolve muito mais do que doces e balas, tão pouco deve ser vista como uma gira bagunçada onde crianças brincam de forma desenfreada jogando doces nos consulentes ou nos outros médiuns, passando comia no chão ou fazendo brincadeiras que possam constranger o consulente ou outro médium. Também não é uma gira de contadores de historias onde falam sobre como desencarnaram ate porque as crianças que fazem parte da Umbanda são seres encantados que nunca encarnaram e raras exceções foram encarnações breves.


 A gira de crianças tem como premissa a conexão com a criança interior de cada um dos participantes; ser criança é olhar o mundo de uma forma menor com menos achismo e pre julgamentos e assim refletir sobre determinadas maneiras de agir e ser com o eu e com o outro.
A gira de criança também proporciona um momento único, de olhar para si mesmo e se perguntar sou o que um dia achei quem seria ? Meus desejos de ontem foram concretizados ou se perderam diante o mundo, quem sou hoje é de alguma forma semelhante a quem eu era ou eu acabei me perdendo da minha essência ?


O que você adulto falaria para você criança ? qual conselho você criança daria a você adulto ? O momento de incorporação é exatamente para isso, refletir sobre quem somos e quem éramos, sobre o que fazemos e porque fazemos, é recordar ressignificar e realinhar ideias e assim sem o olhar do julgamento pesado do ego se permitir mudar de ideia, se permitir brincar com a vida como a criança brinca com seus brinquedos.

Alias você sabe porque na gira de crianças os médiuns incorporados trazem brinquedos para a gira ? Seguramente não é porque o espirito deseja mas sim porque o lúdico do médium precisa ser alimentado e respeitado, o brinquedo que um dia fora deixado de lado a pedido da sociedade que joga a criança de forma violenta no mundo adulto, que poda, castra e condena a leveza precisam ser resgatados e o brinquedo simboliza o elo de afeto de liberdade de leveza que o médium precisa instalar em sua essência e assim em sua vida no dia a dia. O brincar na gira deve ser expandido na vida, será que o médium ou o consulente se permite brincar ? Ter algum tipo de satisfação além de pagar as contas ou manter o sustendo do lar ? Qual foi a ultima vez que você brincou com a vida ? e quem disse que o adulto precisa ser serio e frio ? que nao pode sentir medo ou vontades que não pode estar cansado e que não pode ter vontade de chorar ? quem disse que o adulto não pode querer colo e buscar proteção ? Quem disse que quando o corpo amadurece e se assume uma postura na sociedade, se tem rendimentos financeiros é preciso deixar de ser livre ? Incorporar um espirito de criança esta além de comer chocolates mas também é comer chocolates que remetam a infância. Incorporar uma criança é acima de tudo saber que todos sao iguais, que todos sao importantes e que os sentimentos não tem idade e precisam ser ouvidos, respeitados e mantidos vivos em todas as fases de nossas vidas.

Ser adulto não é ser um ser frio sem vontade sem sentimentos e viver de responsabilidades ser adulto e saber que a criança não morreu que o mesmo Dr Pedro que um dia fora Pedrinho podem conviver na mesma realidade é saber que podemos estar adultos sem perder o gosto pelo novo a leveza a vivacidade que a infância nos da, ser adulto é ser consciente de que a vida é composta por um todo que inclui se ouvir se divertir se permitir se amar se respeitar se ajudar e acima de tudo se permitir sempre e para sempre ser feliz.

A gira de crianças não e uma festa de uma creche desordenada, de crianças sem educação ou limites mas sim uma FESTA de liberdade de muito amor e de uma energia impar de amor organização e alegrias.

Nossos Produtos & Serviços

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Rem autem
voluptatem obcaecati!